Juventude em Prosa

Jovens do sertão se reúnem para fazer a diferença no campo.

Whatsapp

31/05/2017

Por Daniela Bráz (Jovem Multiplicadora de Agroecologia da comunidade Lagoa da Favela, município de Flores, Sertão do Pajeú)

Com o Objetivo de fortalecer os jovens através de oficinas, palestras, brincadeiras e momentos reflexivos numa perspectiva libertadora, criando condições para o protagonismo, resgate de tradições e fortalecimento de aspectos culturais, que no início deste mês aconteceu a primeira reunião da Comissão de Jovens Multiplicadores da Agroecologia.

A mesma aconteceu em Triunfo, contou com a participação de jovens de sete municípios (Cumaru, Santa Cruz da Baixa Verde, Triunfo, Calumbi, Flores, Carnaíba, Iguaraci e Sertânia) e diversas comunidades rurais, assessorados pelo Centro Sabiá.

Diante desta difícil situação que o país vem vivenciando e temendo o êxodo rural e a dispersão dos jovens no meio rural, que o Centro Sabiá veem proporcionando atividades e acompanhamento técnico para os jovens do Sertão, ensinando e orientando práticas de convívio com seca, para que esses não abandonem sua terra natal em busca de melhorias financeiras. Entre muitas das atividades convencionais do campo, também tem sido oferecido curso de formação para esses jovens, a exemplo desta atividade, que abordou temáticas do interesse de todos/as, como: Reforma da Previdência e do Ensino Médio e Diversidade Sexual.

Esta atividade foi bastante participativa, contou com a contribuição de um jovem da CJMA do Agreste, que veio alimentar o debate da temática da diversidade sexual, momento rico e cheio de informações, como também troca de experiências. Em outros momentos da atividade jovens também puderam contribuir com temáticas da reforma da previdência e do ensino médio.

Atividades como esta fortalecem as juventudes, uma vez que vem trabalhando temáticas que são do interesse das mesmas e as fortalece mais e mais.