Notícias

Frutos da Mata: Polpas de fruta livres de agrotóxicos chegam ao Recife

Whatsapp



17/09/2019

Foto: Fabio Erdos (ActionAid)

A prática de beneficiamento de frutas é uma estratégia bastante difundida entre as famílias assessoradas pelo Centro Sabiá na Zona da Mata Sul de Pernambuco, sobretudo entre as mulheres, que conseguem dar uma maior durabilidade às frutas, além de agregarem valor ao produto no momento da comercialização. As frutas produzidas sem veneno a partir dos Sistemas Agroflorestais dessas famílias são beneficiadas em duas unidades de beneficiamento existentes no território e dão origem a polpas de frutas com alto padrão de qualidade e variedade de sabores que variam de acordo com as estações do ano. 

Um exemplo dessa prática são as agricultoras e agricultores do Assentamento Engenho Conceição, localizado no município de Sirinhaém, que há algum tempo comercializam as polpas produzidas em diversos locais do município como na feira agroecológica, restaurantes, lanchonetes além de entregas porta-a-porta e venda para os programas de compras governamentais como o Programa Nacional da Alimentação Escolar (PNAE) e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). A novidade é que, desde março deste ano, esse grupo vem aumentando a produção de polpas de frutas livres de agrotóxicos e ampliando os canais de comercialização, chegando à capital pernambucana.   

Para a agricultora Raquel Nicolau: “essa está sendo uma oportunidade de mostrar nosso trabalho e nosso produto para fora do município de Sirinhaém. Antes estávamos limitados apenas ao município. Com essa experiência maravilhosa, nós, agricultores e agricultoras, estamos lucrando mais”.

“Essa comercialização das polpas no Recife está sendo uma experiência muito boa pois é mais uma forma de comercialização do nosso produto. Sempre nos reunimos e cada agricultor ou agricultora tem a oportunidade de enviar um pouco da sua produção”, afirmou o agricultor e tesoureiro da Associação, Ernandes Marcelino.

No Recife, as polpas de frutas da marca “Frutos da Mata” podem ser adquiridas na Agroecoloja que é um espaço em funcionamento desde outubro de 2018, onde se comercializa de forma permanente diversos produtos da agricultura familiar agroecológica. Esta loja é uma iniciativa da Rede Espaço Agroecológico e se soma ao conjunto das feiras agroecológicas que compõem a Rede e também é assessorada pelo Centro Sabiá.

A Agroecoloja fica na Av. José Gonçalves de Medeiros, nº95, Bairro da Madalena, Recife (PE).