Notícias

Mata Sul Realiza II Encontro de Feiras Agroecológicas

Whatsapp

05/10/2017

Mata Sul Realiza II Encontro de Feiras Agroecológicas

Por Júlio César de Paula Pinto (Sabiá)

A Rede Agroecológica da Mata Atlântica (RAMA) e o Centro Sabiá realizam entre os dias 09 e 10 de Outubro de 2017, o II Encontro de Feiras Agroecológicas da Mata Sul. O Encontro tem o apoio do  Instituto Federal de Pernambuco, Campus Barreiros (IFPE/Barreiros) e do Núcleo de Estudos em Agroecologia, Agricultura Orgânica e Desenvolvimento Sustentável (Neads), e inicia suas atividades no dia 09 a partir das 09h na quadra do IFPE com uma feira de produtos agroecológicos aberta à  comunidade. 

Nos últimos tempos a produção e a comercialização de produtos agroecológicos, vêm recebendo um importante destaque nos meios de comunicação e no dia a dia das pessoas. Muitas são as iniciativas de famílias agricultoras na construção coletiva de espaços de comercialização onde as pessoas podem encontrar uma grande variedade de produtos livres de agrotóxicos, comprando retamente das mãos de agricultores e agricultoras. 

Na Mata Sul de Pernambuco, a Rama é responsável por articular vários espaços de comercialização de produtos agroecológicos no território. Atualmente a região conta com cinco feiras agroecológicas disribuídas pelos municípios de Ribeirão, Sirinhaém, Rio Formoso, Tamandaré e Catende. Há 15 anos a Rama tem levado para a Mata Sul o debate entorno de uma alimentação saudável, que tem como princípios o cuidado com o meio ambiente e com a valorização das famílias agricultoras. 

As feiras agroecológicas cumprem um importante papel nesses municípios. São espaços de resistência que monstram de forma concreta que a agricultura familiar de base agroecológica é uma realidade presente na Mata Sul, onde outrora estava fadado a uma alternativa insustentável do ponto de vista econômico, ambiental e humano com a produção da cana-de-açúcar. 

A experiência da Rama vem mostrando que é possível produzir alimentos livres de agrotóxicos para famílias de qualquer região a partir da agricultura local e de base familiar. Basta observar que, mesmo sem apoio significativo ou recursos essas iniciativas se consolidaram como espaços públicos de abastecimento alimentar. Neste  encontro dos dias 09 e 10 a Rede busca apresentar sua realidade a partir da diversidade de produtos presentes na feira. Pretende ainda, apontar os desafios e as estratégias para a comercialização agroecológica na região da Mata Sul. A Rama, o Centro Sabiá, o IFPE e o Neads convidam a população da região para conhecer esse trabalho de perto.