Notícias

Centro Sabiá entrega mais 500 cestas agroecológicas a famílias no Grande Recife

Whatsapp



22/03/2021

Foto: Darliton Silva / Centro Sabiá

Centro Sabiá entrega mais 500 cestas agroecológicas a famílias no Grande Recife

Estão sendo beneficiadas 2.069 pessoas de 500 famílias, integrantes de 87 terreiros de religião de matriz afroindígena

com as entregas de duas cestas agroecológicas este mês

Rosa Sampaio - Núcleo de Comunicação do Centro Sabiá 

O Centro Sabiá em parceria com as codeputadas estaduais Juntas (PSOL) entregam na próxima terça-feira (23) mais 500 cestas com alimentos agroecológicos a famílias em situação de vulnerabilidade das periferias da Região Metropolitana do Recife. Ao todo, serão contabilizadas, com essa entrega, mil cestas distribuídas, fruto da emenda parlamentar que as Juntas remanejaram no começo da pandemia, no valor de R$ 95.000,00 para o Centro Sabiá, por meio da emenda recebida pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), dentro da ação de fortalecimento da Agricultura Familiar. 

A ação foi pensada junto aos agricultores(as) e à Rede de Mulheres de Terreiros de Pernambuco e abrange seis pontos de distribuição, nos municípios de Recife (2), Olinda(1), Paulista(1), Camaragibe(1) e Cabo de Santo Agostinho(1). Cada família receberá duas cestas com essa segunda entrega, foram 500 no último dia 4 e serão 500 agora na terça-feira, totalizando 85 Toneladas e 390 Kg de alimentos, cada entrega com 42 Toneladas e 695 Kg. Dos produtos adquiridos 77 toneladas e 750 kg são provenientes da agricultura familiar e 7 toneladas e 640 Kg, correspondente a arroz e feijão, foram adquiridos em mercado do município de Rio Formoso, na Mata Sul. Ao todo 13 famílias de produtores rurais forneceram produtos para esse projeto e foram beneficiadas com renda da venda de oito produtos que compõem a cesta agroecológica.

Para Alexandre Pires, um dos coordenadores do Centro Sabiá, a ação é uma forma de contribuir com o combate à pandemia. “O acesso a alimentos saudáveis é uma forma da gente contribuir com a melhoria da condição de vida das pessoas para o enfrentamento da Covid 19, nesse momento”, enfatizou. 

Justamente neste contexto que o país vem enfrentando -  passando por uma pandemia, como em todo o mundo, mas convivendo com alta taxa de desemprego, o aumento da fome, o índice alto de mortalidade pela Covid em todos os estados, o corte, desde começo deste ano, do Auxílio emergencial, a falta de vacina para todos e o colapso das unidades de saúde em todo o país, - acessar alimentos saudáveis e livres de venenos, fortalece não apenas a renda das famílias camponesas, mas também a imunidade e saúde das pessoas mais pobres neste momento de tanto abandono. 

Produtos das Cestas Agroecológicas

Macaxeira, Cará São Tomé, Batata Doce, Banana Prata, Banana Comprida, Goma de Mandioca, Coco seco e farinha de mandioca, vindos da agricultura familiar da Zona da Mata Sul. 

Feijão e arroz, adquiridos em mercado local do Município de Rio Formoso

 

Nós usamos cookies e outros dados e tecnologias para analisar, aprimorar e personalizar sua experiência no portal do Centro Sabiá. Clique em "OK" para continuar ou conheça nossa política de privacidade clicando aqui.

×