Notícias

Seminário de Análise de Conjuntura Política do NE é realizado nos dias 12 e 13 de maio

Whatsapp



07/05/2021

Seminário de Análise de Conjuntura Política do NE é realizado nos dias 12 e 13 de maio

O evento garante certificado e reunirá diversos ativistas, defensores dos direitos humanos

Com objetivo de construir diálogos e apresentar recomendações, a partir da pedagogia Freiriana, destacando as vivências e práticas com o foco no fortalecimento das ações de resistência dos movimentos sociais, além das articulações das diversas organizações populares do Nordeste, frente aos contextos da política neofascista, acontecerá nos dias 12 e 13 de maio, Seminário de Análise de Conjuntura Política do Nordeste 2021.

O evento é totalmente virtual e a abertura acontece quarta-feira (12/05), às 18h, com a participação do educador e dirigente da Escola de Formação do PT, Gilberto Carvalho, da socióloga, feminista, ativista do Movimento de Mulheres Negras, doutoranda em Estudos Étnicos e Africanos Wilma Reis, e Elisa Urbano - indígena Pankararu, professora e coordenadora do Departamento de Mulheres Indígenas da APOINME. O foco do primeiro dia é dialogar sobre a Conjuntura Brasileira seus diversos contextos, impactos e enfrentamentos na pandemia e o olhar pedagógico das práticas contra o racismo, machismo, Lgbtfobia e as diversas formas de violências.

Na quinta-feira (13/05), o seminário inicia às 15h, com painel temático intitulado: Como superar a realidade à luz da Pedagogia Freiriana, a partir das lutas dos movimentos sociais e dos lugares de atuação política – mulheres, juventudes, luta por moradia, agricultura e agroecologia. Os expositores são Lucineide Barros educadora popular, professora da UESPI, mestra e doutora em Educação. Além de Rud Rafael educador da ONG Fase/PE, coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST/PE) e membro da atual gestão do Conselho Regional de Serviço Social de Pernambuco (CRESS/PE), Sara Lins cientista social, especialista em Educação Ambiental, mestra em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural, e Doutoranda em Ciências Social, e Tatiane Santos mulher negra, discente do curso de Serviço Social, voluntária do Instituto Braços/SE.

No final do seminário serão apresentadas orientações para a construção de uma carta de posicionamento político dos movimentos sociais do Nordeste, sobre o desmonte das políticas públicas, lutas e resistências contra a postura genocida do Governo Federal em relação à pandemia e a perseguição aos defensores dos direitos humanos.

Quem desejar participar do seminário, basta copiar este link a seguir e fazer a inscrição (caso esteja no computador): encurtador.com.br/dgrxL.O evento é uma realização da Escola de Formação Quilombo dos Palmares (EQUIP) com as parcerias da RECID, FETAPE, FASE, do Instituto SOS Corpo, do Centro Sabiá, CUT, MST, CEAAL, ABONG, CONTAG/ ENFOC, Fórum de Mulheres de Pernambuco, Rede de Mulheres de Pernambuco, Frente Popular de Mulheres Contra o Feminicídio do Piauí, Centro das Mulheres do Cabo (CMC), SERTA, Sindicato dos Bancários de Pernambuco, Fórum Suape Espaço Socioambiental e CUT-PE.

Mais informações:

Joana Santos - Educadora e Coordenadora da EQUIP - (81) 9.8674.4703

Assessoria de Comunicação

Rafael Negrão - (81) 9.9511.1987

Nós usamos cookies e outros dados e tecnologias para analisar, aprimorar e personalizar sua experiência no portal do Centro Sabiá. Clique em "OK" para continuar ou conheça nossa política de privacidade clicando aqui.

×