Notícias

A Solidariedade Sem Limite. Foram entregues 25 toneladas de alimentos agroecológicos

Whatsapp



13/05/2021

Renda na mão das famílias do campo e comida na mesa dos que têm fome nas cidades. 

Na última quinta-feira (13), em ato simbólico realizado no Armazém do Campo do Recife, foram entregues 25 toneladas de alimentos agroecológicos produzidos por 150 famílias agricultoras, que tiveram seus produtos comprados pelo Centro Sabiá, com o apoio da Fundação Banco do Brasil.
 
Os alimentos foram destinados a famílias de 30 comunidades do Recife e da Região Metropolitana, cadastradas na Rede de Bancos Populares de Alimentos, da Campanha Mãos Solidárias.
 
Estiveram presentes na cerimônia de entrega das 1.000 cestas agroecológicas o coordenador de mobilização social do Centro Sabiá, Carlos Magno, o bispo auxiliar da Arquidiocese de Olinda e Recife, Dom Limacêdo, o dirigente do MST Pernambuco, Paulo Mansan, a coordenadora da Campanha Mãos Solidárias, Ana Gusmão, o pró-reitor da UFRPE, Moises Melo Santana, o gerente de serviços do Banco do Brasil, Genilson Carvalho e as representantes dos bancos populares de alimentos, Cris Martins – Ibura e Isabela Clécia – Camaragibe.
 
O Brasil é um país de muita riqueza, o que se precisa é distribuir melhor esses recursos, pois é grande o número de brasileiros e brasileiras passando fome. E Carlos Magno destacou em discurso emocionado. o quanto a fome está atingindo a nossa gente.
 
“Domingo passado foi o dia das mães. Eu me emocionei muito, porque eu vi uma matéria que dizia que 90% das mães da periferia não poderiam fazer o almoço do dia das mães. É muito duro isso”
 
Para Dom Limacêdo – bispo auxiliar da Arquidiocese de Olinda e Recife –, a esperança nunca há de morrer:
 
“A gente nasceu para viver, mas não para viver de qualquer jeito, viver com dignidade... E no meio à crise sanitária, política, econômica e, sobretudo ética em que Brasil está mergulhado, essa parceria com Centro Sabiá é muito significativa, porque ela diz da nossa vocação, que é viver levando vida para as pessoas”
 
E Ana Gusmão, coordenadora da Campanha Mãos Solidárias lembrou:
 
“A gente agradece ao Centro Sabiá, a Fundação Banco do Brasil e todos os educadores e educadoras. Toda essa doação é de uma grandiosidade. A solidariedade ativa é construída na mão desses vários agentes”
 
Mesmo com muita chuva e alagamentos por todo o Grande Recife, o Centro Sabiá em parceria com o Mãos Solidárias e UFRPE e com apoio da Fundação BB fez chegar alimentos saudáveis na mesa de mil famílias das comunidades pobres da capital e região.

 

Doe para a campanha "Nossa Força Vem da Terra"

 

Nossas ações são responsáveis pela construção de uma sólida rede de apoio sustentável.

É por meio da terra que muitas famílias agricultoras sustentam a si mesmas, e, neste momento crítico de insegurança alimentar, impulsionam nossas iniciativas para prover alimentos à população de Recife que está com fome.

Faça parte dessa rede. Doe.

Nós usamos cookies e outros dados e tecnologias para analisar, aprimorar e personalizar sua experiência no portal do Centro Sabiá. Clique em "OK" para continuar ou conheça nossa política de privacidade clicando aqui.

×